g s
n

x

a

Suelen
Lima
Brasil
vivendo em São Caetano do Sul - SP
artista

Sou artista visual e desde a infância já era apegada a Arte, porém sempre tive o sonho de desenvolver uma marca familiar com as minhas irmãs e assim nasceu o Preta Brasileira, um Salão de Beleza especializado em crespos, cachos e tranças. Atuo como CEO da Rede de Salões de Beleza Preta Brasileira desde 2010 e meus trabalhos de Arte estão intimamente ligados a esta atuação no salão de beleza.

Este espaço me permite observar as interações de mulheres, principalmente mulheres negras, com seus cabelos. Estética, padrões de beleza, ancestralidade, afeto, alternância de narrativas e substituição de imaginários são debates presentes em minhas pinturas, dividindo meu tempo e minha poética no fazer arte e fazer beleza.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
Suelen Lima por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Costumo me expressar através da pintura em tela, sou apaixonada pelas tonalidades e contrastes entre as peles e texturas de cabelo, dessa maneira busco o retrato figurativo como representação desses universos plurais. Também considero a trança afro uma forma de expressão artística muito forte, carregada de ancestralidade e significados, ela é um símbolo presente no meu trabalho. No final de 2020 finalizo minha graduação em Artes Visuais e tenho explorado outras técnicas como cerâmica e fotografia.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Dar visibilidade e fazer o registro as narrativas de mulheres silenciadas e apagadas em nossa sociedade sempre foi a minha maior motivação. Busco contar histórias esquecidas por conta das estruturas sociais que causam desigualdades nossa realidade, mulheres e famílias com histórias potentes que contribuem muito na construção de novas narrativas.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
Suelen Lima por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Meu processo criativo começa no meu dia a dia. Sempre busco captar a essência ancestral que move as mulheres negras que me cercam, extraindo a sua força e determinação e traçando estratégias de como passar isso para a pintura com muito rascunho e desenho. Para compor essas ideias, costumo consumir diversos textos de escritoras negras e mesclar tudo isso com meus estudos em história da arte.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Meu dia é de muito trabalho e atividades plurais. Busco dividir meu tempo me envolvendo com os compromissos do Salão e me dedicar a produção de arte, porém estou cercada por mulheres alegres e divertidas. Sempre rolam muitas risadas e um Salão de Beleza é um ambiente leve e descontraído e isso já funciona como inspiração. Gosto de me reunir para discutir arte, política e racismo, mas no meu dia a dia mesmo as discussões são mais sociais do que artísticas, então sempre busco um amigo artista para desabafar sobre as problemáticas que aparecem sobre minhas inspirações e criações artísticas.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
Suelen Lima por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

É difícil dizer pois, em todas as telas existem pontos que gosto muito e pontos que me causam certo desconforto, porém a tela Conexões é muito especial para mim. Com ela recebi menção honrosa no Salão de Artes Waldemar Belisário em Ilhabela, foi a primeira tela a participar de uma exposição fora do meu estado, e recebi a minha primeira premiação pela Bienal Black Brazil Art como residência internacional no Estados Unidos que acontece em 2021. O valor poético dela também é muito importante, pois tem uma visão afrofuturista, uma mulher negra conectando-se ao mundo através do celular ilustrando o quanto o movimento negro avançou junto dos avanços tecnológicos, pra mim é muito potente.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Sempre fui ligada a arte, desde criança desenhar e pintar eram minhas atividades favoritas. Mas em 2009 fiz um intercâmbio para Nova Zelândia, e lá tive a oportunidade de conhecer a arte mais de perto, frequentava as bibliotecas locais e o acervo de livros de arte do espaço, isso me motivou a buscar cursos de arte e design quando retornei ao Brasil e essa viagem foi o marco das minhas mudanças de narrativas.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
Suelen Lima por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Eu me influencio muito pelos vários tons e formas que compõem a estética brasileira. Tenho referência nos artistas visuais nacionais, fotógrafos e escritoras negras como Nilma Lino Gomes, fazem parte das minhas pesquisas artística. Cantores, compositores que denunciam em suas poéticas a força de novas narrativas que sempre estiveram presentes, mas que sofrem com o apagamento e silenciamento provocado pelas estruturas sociais.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Muitas barreiras foram vencidas pelas mulheres, mas a expressão livre da mulher, sobretudo da mulher negra no Brasil ainda se apresenta em nossa realidade como um sonho que desejamos alcançar. Escolher a arte como forma de expressão e meio de sobrevivência é um privilégio que poucos podem usufruir, pois vivemos em uma sociedade que promove muitas desigualdades, e para mim ser uma mulher negra artista nacional ainda está associado a muitas lutas e resistência.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
Suelen Lima por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Pintar e dar risada com a família e amigos.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Juntas somos mais fortes. Precisamos nos unir e fortalecer nossas narrativas, entender que somos parte de um todo e que é fundamental nos reconhecermos e nos apoiarmos, a fim de provocar a mudança que desejamos encontrar no mundo.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Em 2019 realizei o projeto Protagonismo Feminino onde organizamos em parceria 16 mulheres artistas para mostra coletiva, esse projeto está se transformando em documentário e espero que cresça ainda mais. Atualmente me preparo para minha primeira residência artística internacional no Estados Unidos como premiação da Primeira Bienal Brazil Black de Arte, que acontecerá em 2021.

Suelen Lima por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas
QUER RECEBER
NOVIDADES E PROMOÇÕES?

    s
    FORMA DE PAGAMENTO
    TECNOLOGIA WIRECARD
    Aceitamos as principais bandeiras de cartão de crédito utilizando a tecnologia Wirecard.
    H
    CONEXÃO DIRETA
    DAS MÃOS DA PRODUTORA
    Valorizamos a mulher por trás das criações e vendemos produtos carregados de energia criativa diretamente das mãos da criadora. Conectamos você à ela sem nenhuma interferência na logística ou produção.
    r
    SITE SEGURO
    COMPRA SEGURA
    O certificado de segurança e a plataforma de pagamento Wirecard garantem a segurança da sua compra.
    t
    INICIATIVA FEMININA
    APOIE MULHERES
    Ao comprar nessa plataforma você está apoiando pequenas empreendedoras. Seja um agente ativo no empoderamento feminino ao incentivar o trabalho de mulheres criativas.