g s
n

x

a

Dani
Neves
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
artista . fotógrafa

Sou fotógrafa há 10 anos. Tempo que considero suficiente para me abrir e desabrochar para diversas expressões artísticas além da fotografia. Acredito que me encontrar nela foi um caminho (e continua sendo) para toda arte que mora em mim. A partir dela consegui acessar tantas outras possibilidades para pôr no mundo quem eu sou, o que quero e o que vejo - para pôr no mundo o afeto e a poesia que sinto aqui dentro. Sou natural de Recife, mas moro em São Paulo há 2 anos. Passei por duas faculdades (administração e design) até me formar em Jornalismo. Não exerço teoricamente a profissão, mas ela me deu o domínio da escrita e o olhar jornalístico - o que me possibilitou ser repórter fotográfica do Jornal do Commercio (Pernambuco) e colocar no papel os projetos que envolvem a escrita.

Hoje me considero uma artista visual por fazer uso e misturar várias formas artísticas na minha vida, tanto pessoal quanto profissional. Mas atuo principalmente como fotógrafa, filmmaker, diretora criativa e criadora de conteúdo. Sou apaixonada por criar narrativas visuais, de construir imagens através do meu olhar sobre o mundo, de contar histórias sobre as coisas e de usar a simplicidade do cotidiano para fazer poesia. Escrevo para tirar o peso dos ombros.

Dani Neves por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Principalmente a fotografia, o vídeo e a escrita.

Dani Neves por Projeto Curadoria
// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

A minha maior motivação é o sentir; a percepção clara do sentir me leva a transbordar. E, transbordando, crio.

Absolutamente tudo me inspira. O café, a música, a luz, meu cotidiano, as pessoas, os encontros. Cada cantinho da casa, dos lugares que vou, cada pessoa que troco. Qualquer experiência gera uma poesia, uma foto, um vídeo. É sempre um mergulho num mundo cheio de possibilidades. Tenho uma necessidade quase que incessante de colocar no mundo tudo o que vejo e sinto.

Dani Neves por Projeto Curadoria
Dani Neves por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Costumo me manter conectada com o agora, usar e abusar da observação. Escuto músicas e leio coisas, preparo o terreno antes de fazer qualquer criação e fico imersa naquele universo por um tempo. E os insights surgem tanto desse processo inicial, como resultado, quanto de recortes passados que vou ressignificando e recriando por cima. Normalmente eu começo pela escrita - uma frase que me leva a algo. Depois vou só alimentando esse processo com várias informações (estejam elas conectadas diretamente ou não) e tudo o que vejo (no mundo, lá fora, e aqui dentro). Tudo faz sentido pra mim.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu faço da minha rotina um lugar confortável e alegre para se viver. Imagino um “mood” e faço o possível para vivê-lo e senti-lo de uma forma simples e inspiradora. Leio poesias, escuto música todos os dias, sem exceção, me muno de imagens diversas e de pessoas que me inspiram. A troca com as pessoas me deixa muito criativa e o silêncio comigo mesma também. Consigo me escutar - e isso é transformador.

// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Muito difícil essa pergunta, porque em todos eu me envolvo e dou tudo de mim - então, todos eles tem um lugar especial no meu coração. Mas, de cara, penso em dois projetos pessoais que me transformaram como pessoa e artista: Uma exposição que fiz em 2015, chamada Pausas Reveladas com fotografias de pessoas e lugares que visitei durante uma campanha política, e meu projeto Leve a Felicidade para Casa, que é uma espécie de projeto intinerante, onde misturo tudo o que aprendi e vivi e transformo em produto e em experiências sensíveis.

Os dois tem um significado bastante especial porque, no primeiro, eu encontrei meu lugar no mundo ao retratar e investigar as pessoas e o cotidiano delas. E, no segundo, me reencontrei ao levar para as pessoas algo físico de tudo o que vejo e sinto.

Dani Neves por Projeto Curadoria
Dani Neves por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Tive dois: em 2016, quando decidi criar o Leve a Felicidade Para Casa e, a partir daí, entendi qual era meu propósito, como minha cabeça e coração funcionavam. E a exposição de foto “Pausas Reveladas”, em 2015, que permitiu me abrir para um mundo completamente novo: onde as pessoas conhecem meu trabalho, mergulham junto comigo e querem carregar meu olhar com elas. (Foi a primeira vez que vendi uma obra).

Dani Neves por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Além meus pais, que são o elo com as minhas raízes e base para tudo o que faço, minhas influências são inúmera e bem variadas - quase nenhuma estão em um único campo artístico. Tenho alguns artistas preferidos que me inspiram demais: Alfonso Cuarón, Guimarães Rosa, Lars Von Trier, Clarice Lispector, Jarid Arraes, Rupi Kaur, Helen Salomão, Tim Wilson. Os fotógrafos Steve Mccurry, Nan goldin, Man Ray e Sebastião Salgado, foram meus preferidos quando comecei a estudar a fotografia. Mas, de forma geral, sempre tive uma influência muito grande do Renascimento. O jogo expressivo de luz e sombra, o realismo, as formas cruas e a nudez de tudo, acredito que simbolizam bastante meu trabalho hoje.

Dani Neves por Projeto Curadoria
Dani Neves por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Infelizmente sim. Rompemos algumas barreiras ao longos dos anos, mas ainda sofremos os resquícios do machismo estrutural, que tá enraizado na sociedade. Na minha bolha, eu acredito que consigo sim me expressar com liberdade, sem medo e sem qualquer restrição - porém, quando eu saio dela, sinto que posso ser tolhida em algum momento e vejo uma quantidade maior de artistas homens ocupando mais espaços e, consequentemente, sendo mais ouvidos.

// E o que te faz feliz?

Perceber que eu toco as pessoas e que isso modifica elas de alguma forma.

Dani Neves por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Crie. Apenas crie. Crie com tudo o que você tem e jogue no mundo. Temos muito a falar e, quando falamos, percebemos que tem muita gente querendo ouvir. A gente cria pra se encontrar, constantemente. Mas o outro também se encontra na gente - e isso é muito transformador.

Dani Neves por Projeto Curadoria
Dani Neves por Projeto Curadoria
// A pandemia que estamos enfrentando em 2020 afetou de alguma forma a sua produção?

Com certeza. Fica difícil criar qualquer coisa com o mundo de cabeça pra baixo, pessoas morrendo, o caos instalado. Passei os primeiros meses aflita, ansiosa e inerte. Depois fui conseguindo me abrir para tudo o que a arte possibilita e, aos poucos, comecei a voltar a produzir. Se tem uma coisa que somos capazes, é de sobreviver. E arte é sobrevivência, é resistência. Antes eu só queria transbordar, agora eu também quero sobreviver, resistir e provocar.

// Você tem algum novo projeto em andamento?

Tenho o projeto de um livro de poesias, que é um apanhado de todos os escritos entre 2017 e 2020. Alguns até já foram compartilhados através da hashtag #poesiadosilencio. E outra novidade é o recomeço do projeto Leve a Felicidade para Casa, que terá uma coleção especial (e muito linda) no final deste ano.

COMPARTILHE
b
//+entrevistas
QUER RECEBER
NOVIDADES E PROMOÇÕES?

    s
    FORMA DE PAGAMENTO
    TECNOLOGIA WIRECARD
    Aceitamos as principais bandeiras de cartão de crédito utilizando a tecnologia Wirecard.
    H
    CONEXÃO DIRETA
    DAS MÃOS DA PRODUTORA
    Valorizamos a mulher por trás das criações e vendemos produtos carregados de energia criativa diretamente das mãos da criadora. Conectamos você à ela sem nenhuma interferência na logística ou produção.
    r
    SITE SEGURO
    COMPRA SEGURA
    O certificado de segurança e a plataforma de pagamento Wirecard garantem a segurança da sua compra.
    t
    INICIATIVA FEMININA
    APOIE MULHERES
    Ao comprar nessa plataforma você está apoiando pequenas empreendedoras. Seja um agente ativo no empoderamento feminino ao incentivar o trabalho de mulheres criativas.