X FECHAR
RESPONDA NOSSA PESQUISA E PARTICIPE DO
MAPEAMENTO DE PERFIL DE
MULHERES CRIATIVAS BRASILEIRAS
DO PROJETO CURADORIA
//PARTICIPAR//
*O resultado será divulgado em forma de infográfico neste site
m
Renata
Ninello
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
29 anos . artista

Meu nome é Renata Ninello - Reni -  e a paixão que tenho pela expressão em suas diversas formas, o encantamento que sinto ao criar e a busca por entender a mim mesma e o mundo, ao longo do tempo, me fizeram perceber que não precisava me dividir ao meio para viver e me dedicar ao que realmente amo. Sou exploradora das linguagens: artista, ilustradora, bordadeira, jardineira, ceramista em formação, viajante e aprendiz apaixonada.

Me formei em Letras e por muitos anos segui o caminho das palavras e dos idiomas, me especializando em língua e cultura italiana. Ao longo da jornada, experimentei também formações em geografia, história da arte e arquitetura - todas elas reflexos da minha paixão pela natureza e pela expressão. Cresci na calma e com os pés na terra no interior de São Paulo e por ter ido, vindo e vivido em tantos lugares ao longo da vida, me sinto do mundo e de tudo um pouco.

Ao longo da adolescência e da vida adulta minha busca por significados me levou, em 2013, a iniciar uma jornada interior que resultou no resgate da minha criatividade, da espiritualidade e da minha relação mais profunda com o natureza e a arte. Meus trabalhos nascem dessa experiência e da vontade de me permitir cada vez mais.

Sou uma buscadora, com uma imensa curiosidade pelo mistério que a vida é.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Meu trabalho se desenvolve com o apoio de diferentes ferramentas, dentre elas o desenho, a pintura, o bordado, costuras manuais, trabalhos em cerâmica, a fotografia e a escrita. Papel, tintas, pincéis, tecido, linhas, agulhas, argila e estecas são meus principais instrumentos de trabalho.

É por meio da sensibilidade, das cores e das palavras que escolho utilizar no meu dia a dia que minhas intenções florescem.

Hoje entendo e vejo na multiplicidade de linguagens que exploro o potencial e a materialização da minha expressão criativa.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Minha vontade de me conhecer, descobrir quem sou e de entender sob que prisma enxergo a realidade me motivam enormemente. Tudo o que crio espelha o que sou e no que acredito, por isso a arte para mim é também um percurso de autoconhecimento, um meio que me permite estar em contato com a minha verdade e profundidade. Os processos de transformação humana e evolução me fascinam.

A natureza em geral, com suas cores e formas extraordinárias também me encanta completamente. Sou apaixonada pelo mundo natural e enxergo nas sementes e nas plantas a metáfora do nosso despertar criativo e de consciência, por isso a natureza é sempre tão presente em meu trabalho.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Meu processo é bastante livre e intuitivo, desenho e anoto ideias em meus cadernos, esboço, me aproximo ou distancio dessas mesmas ideias de acordo com a minha intuição. Busco sempre uma conexão entre o meu sentir e o fazer. Estou sempre colecionando imagens, cores, referências, sons, pedras, flores, folhas secas.

No dia a dia, busco manter um equilíbrio entre a demanda e minhas experimentações pessoais, para que haja sempre espaço para o novo chegar.

O ato criativo para mim é a própria vida em si, não existe vida sem criação.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Observar a natureza e a sua dinâmica, cuidar do jardim, apreciar o trabalho de outros artistas, fotografar, semear, buscar a beleza na simplicidade, estar em silêncio, escrever, ler, estudar, descansar e viajar são todas atividades nutritivas para os meus processos criativos. Por ser muito sensível e naturalmente introvertida percebo a importância da minha saúde emocional no cotidiano e na vida profissional, por isso a espiritualidade e a meditação têm um espaço importante em minha vida.

No dia a dia valorizo muito a disciplina e a solitude do fazer criativo pois me possibilitam experimentar um estado de presença e gratidão.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Tenho um carinho especial pelos catálogos de borboletas e mariposas que criei entre 2016 e 2017. Este trabalho me ensinou que um trabalho gradual e feito com consistência supera o que é feito com pressa e ansiedade, pois tem tempo para amadurecer e florescer. Considero todos os meus trabalhos passados importantes mas meu próximo projeto é sempre o meu preferido. Me alegra saber que a cada novo trabalho vou descobrir uma nova parte de mim e que posso continuar essa caminhada. É um presente da vida me dedicar ao que realmente amo e entregar ao mundo o que sou.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Sim. Em 2013, por motivos de estudo e de muito desconforto me mudei para Florença e lá passei por uma profunda crise pessoal e profissional. A Itália e a sua cultura tão sensíveis às artes e às belezas revolucionaram as minhas estruturas, me desconstruíram e expuseram a mim mesma meus medos e anseios mais profundos. Minha sensibilidade explodiu e expandiu sem igual desde então. Ainda com muita insegurança mas com uma vontade decidida e verdadeira finalmente voltei às artes, depois de um hiato de mais de 15 anos. A natureza, as flores e as plantas foram cruciais nesta fase da minha jornada pois representaram para mim, naquele momento, um retorno à harmonia e à tranquilidade ao mais puro, sincero e disponível que a vida me propunha. Me conectar com a natureza e com ela aprender a respeitar o tempo natural me levou a assumir minhas verdadeiras aspirações.

Foi nessa fase que de fato percebi que para me realizar precisaria sair da minha carapaça e criar. É por este motivo que, para mim, criar tem um caráter profundamente curativo.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Sou fascinada por biologia e pela natureza que permeia o cotidiano, por ornamentos, pela bidimensionalidade da arte do Oriente Médio, pelos bordados das diferentes culturas latino americanas, por tecidos e azulejos antigos, pela tapeçaria árabe e asiática. Aprecio muito tanto trabalhos autorais, com uma forte identidade, quanto os saberes tradicionais, frutos do amadurecimento da cultura. Tenho a aprender com ambos.

Tenho buscado abraçar cada vez mais a beleza do processo, da iniciativa, da tentativa e não somente dos resultados e assim percebo que me conecto profundamente com artistas ou influências que também levam em conta estes valores. O mundo natural e as cores me nutrem, por isso me identifico muito com o trabalho sensível de artistas como Henri Matisse, Raoul Dufy, Van Gogh, Geninne Zlatiks. Na literatura, Elena Ferrante e Pablo Neruda. Na arquitetura, Luis Barragán. Na música, Jorge Drexler.

Sinto que assim como estes artistas, de uma maneira amorosa e delicada meu trabalho questiona a ditadura do tempo e da produtividade que a maior parte da sociedade impõe e com leveza propõe uma nova maneira de enxergar o cotidiano e o fazer. É um convite inspirado na beleza, nos detalhes e na simplicidade.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Eu não sinto preconceito pelo fato de ser mulher ou talvez não permita que isso influencie minimamente meu trabalho ou vida pessoal. Acredito que a verdadeira transformação está na entrega amorosa de quem se é e do que se faz e não na luta.

// E o que te faz feliz?

Entender a vida como uma jornada mágica de experimentação e redescobrimento me alegra muito. Ter consciência, crescer. A natureza, o silêncio, jardins. O céu e as cores. Estar com pessoas queridas. O amor.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Se conheça. Na dúvida, experimente. Se movimente. Aprenda a se amar, a ter carinho por si mesma. Faça, crie sempre. Honre a sua jornada. Plante o bem. Tenha a coragem de se expressar, você é especial.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
Renata Ninello por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Sim, atualmente estou terminando uma catálogo de 30 espécies de mariposas e no ano que vem tenho a intenção de continuar ilustrando o mundo natural, além de criar novos bordados e cerâmicas. Também tenho o sonho de publicar um livro escrito e ilustrado por mim.

Renata Ninello por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas