m
Pâmela
Moraes
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
31 anos . artista . ilustradora

Eu sou a Pâm, tenho 31 anos, sou formada em Publicidade e Propaganda e sempre trabalhei como Diretora de Arte em agências.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Minhas porcelanas. Elas me conectam com as pessoas, com os meus sentimentos e emoções. Quando eu comecei a pintar, estava num momento complicado da vida e a arte foi a minha maior força para continuar um dia após o outro.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Eu descobri um prazer e amor enorme pintando. E isso eu nunca senti antes trabalhando como Diretora de Arte. Tenho total liberdade para colocar o que eu acredito nas minhas criações e isso faz toda a diferença na hora de exercer a criatividade. Observar pessoas, natureza e a cidade me mantém conectada e presente na hora da inspiração.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Eu não sei se eu tenho um processo, estou sempre observando. Muitas vezes a ideia vem de um sonho, ou de uma planta que você encontra na rua, ou na frase de alguém.

Não me prendo nisso, pois eu acho que a arte em porcelana me tirou dos brainstorms que eu precisava fazer em Agências de Propaganda. Deixo apenas fluir.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Diversão, trabalho, sossego, risadas. Todos somos criativos, só precisamos viver de uma forma leve e se manter ativo.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Eu adoro pintar as mãos, elas são todas peças únicas e eu crio geralmente através de algum pedido especial do cliente. Já veio pedidos para criar através de signos, músicas e até poemas.

Mas a baleia é meu xodó porque eu uso como identidade e o Lhamastê eu também adorei criar e acho muito divertida a reação das pessoas quando elas leem a palavra.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

A minha primeira participação em feira foi crucial. Foi uma edição do Jardim Secreto, eu nem sabia o que estava fazendo ali, achava que  ninguém ia comprar nada, estava super pessimista. E eu voltei com 3 pratos para casa. Nesse dia eu tive certeza que eu podia fazer aquilo profissionalmente.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Eu tento ver uma variação de plataformas diferentes. Então gosto de olhar meus livros de ilustração botânica, bordados, aquarelistas, tatuadores e ceramistas também, claro. Atualmente estou viciada na Tina Berning.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Existe preconceito com a mulher em tudo. O trabalho de artista talvez aparenta ser um campo mais liberal, mas eu acho que elas chegam com mais dificuldade que os homens e talvez, ao se expressarem, isso ainda pode chocar alguns.

Com o Pamelitas eu ainda não passei por nenhuma experiência, mas como trabalho como diretora de arte sim. A área criativa em agências é dominada por homens.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Viajar me faz muito feliz, poder receber as pessoas em casa, sair para um boteco depois do trabalho.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações ?

Eu falaria para as mulheres que estão infelizes com suas carreiras ou suas vidas, para elas darem o primeiro passo e fazerem algo diferente do que está na rotina. Muitas vezes a gente não tem ideia de por onde começar, mas faça algo diferente, matricule-se em qualquer coisa.

Eu acredito que quando a gente movimenta a nossa vida, a nossa rotina, o universo movimenta junto e as coisas começam a tomar um novo rumo e se encaixar. Sempre as mudanças serão a nosso favor, a gente não sabe de nada, mas o universo tem o melhor reservado pra nós.

Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
Pâmela Moraes por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Eu quero lançar a minha loja online, isso está entre as minhas prioridades. E quero lançar uma coleção de copos de vidro também. E continuar me divertindo ao pintar.

COMPARTILHE
b
//+entrevistas