m
Naela
Ali
Indonésia
vivendo em Jacarta . Indonésia
24 anos . ilustradora

Sou ilustradora e designer gráfica de Jacarta na Indonésia. Me formei em 2014 em Design e Comunicação Visual. Eu também escrevo no meu tempo livre e estou focada em criar livros e produtos ilustrados. Eu escrevi uma história ilustrada para dias chuvosos, que se tornaram os livros “Stories for Rainy Days” volumes I e II. Também já produzi alguns livros de arte e zines e possuo uma marca chamada Asobi onde estou transformando meu trabalho em produtos, também estou sempre envolvida em vários projetos.

Naela Ali por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Aquarela e caneta.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Minha inspiração é minha vida diária. Coisas ao meu redor, filmes favoritos, livros, música. Todas as coisas que eu gosto. Eu sempre digo para mim mesma que “Inspiração está em todo o seu redor e tudo que você tem que fazer é sentir”. Cada pequena coisa tem um sentido, não apenas em função, mas também em significado pessoal. Por exemplo, doce para uma pessoa pode não significar nada, mas para outra pode ter um significado pessoal, como quem a deu de presente ou onde ela comprou. Eu quero capturar todas as coisas do dia a dia em ilustrações.

Naela Ali por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Normalmente eu acordo, ouço minha música favorita e desenho a primeira coisa que vem na minha cabeça. Eu rascunho com o lápis, melhoro a linha com caneta para desenho e depois pinto com aquarela.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu pratico quase todos os dias, desenhar se tornou meu hábito. Para manter a criatividade, antes de fazer qualquer trabalho comissionado, eu sempre começo desenhando coisas que eu gosto. Fazendo isso, estimulo minha criatividade e entro no clima para desenhar.

Naela Ali por Projeto Curadoria
Naela Ali por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Ano passado eu criei pequenas histórias ilustradas, chamadas “Stories for Rainy Days” (Histórias para Dias Chuvosos). Esse é meu projeto favorito porque eu pude combinar as coisas que eu mais gosto: desenhar e escrever. Como a resposta foi muito boa, eu fiz outro, o “Stories for Rainy Days Volume II”. Por que histórias para dias chuvosos? Porque eu quis criar coisas que as pessoas pudessem ler em dias de chuva que as fizessem se sentir aquecidas enquanto leem.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

No momento que me formei, meus pais queriam que eu trabalhasse em uma empresa. A maioria dos meus amigos trabalham em empresas. Eu tentei trabalhar em uma empresa, mas eu não consegui. Sendo artista é difícil ter um trabalho aqui, então as pessoas tendem a me subestimar. Mas eu não consigo trabalhar fazendo coisas que eu não amo de todo meu coração. Então eu decidi sair do trabalho e começar a fazer coisas independentemente. Agora eu posso focar na minha carreira de ilustradora. Eu criei minha marca chamada Asobi e comecei a vender meus produtos ilustrados, eu fiz livros e me envolvi em vários projetos.

Naela Ali por Projeto Curadoria
Naela Ali por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Quando criança eu amava a Marisa Moss, a autora de “Amelia’s Notebook”. Ela foi a primeira a me inspirar a usar aquarela. A simplicidade e alegria das suas ilustrações conquistaram minha atenção.

Naela Ali por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Sim, eu sinto quando as pessoas me pedem para fazer uma ilustração sobre alguma coisa. Quando eu me candidato para um trabalho de ilustração que não é feminino, eles dizem algo como “Não, não dê para ela. É muito masculino”. E quando faço alguma ilustração um pouco mais masculina, eles dizem “Isso não é você. Você deveria fazer algo mais feminino”. Algo assim.

Naela Ali por Projeto Curadoria
Naela Ali por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Desenhar e quando as pessoas ficam felizes em ver minhas ilustrações.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Seja confiante e seja você mesma. Soa clichê, mas não existe nada mais verdadeiro que isso. Lembre-se, existem milhares de pessoas melhores do que você, mas só existe uma de você, você é única como é. Nunca tenha medo de mostrar ao mundo suas criações e deixe as pessoas lembrarem do seu trabalho como você é.

Naela Ali por Projeto Curadoria
Naela Ali por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Atualmente estou trabalhando em outro projeto de livro, o tema é sobre meninas.

Naela Ali por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas