m
Marina
Viabone
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
27 anos . arquiteta . artista . letrista

Sou arquiteta formada pela Belas Artes e desde criança sempre fui curiosa para aprender processos analógicos, técnicas de desenho ou qualquer outra forma de expressão artística. Nunca me restringi a arquitetura e sempre busco aprender coisas novas. Já fiz aulas de fotografia, graffiti e arte urbana, de caligrafia e até bordado. Não me canso de aprender coisas novas e estou sempre buscando novas maneiras de enriquecer meu trabalho.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Eu uso basicamente o papel e qualquer ferramenta que eu consiga usar para escrever e criar meus letterings.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

O que me inspira são os pequenos momentos do cotidiano. Acordar e tomar café, conversar com um amigo… Busco muita inspiração na música também! Ouvir música pra mim é uma forma de religião, e é onde eu me inspiro pra criar minhas próprias frases.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Eu penso em qual sentimento estou querendo passar naquele momento, e começo a esboçar algumas coisas. Sempre tento combinar as cores, as letras que vou usar para expressar da melhor forma possível a sensação do momento.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu gosto de visitar alguns blogs para me manter informada do que outros artistas estão fazendo no mundo, gosto muito de pesquisar no Pinterest e de tentar aprender sozinha técnicas novas de desenho.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
Marina Viabone por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Não tenho nenhum trabalho preferido, acho que todos são especiais por algum motivo.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Pra mim o marco importante foi quando deixei a carreira arquiteta para me dedicar exclusivamente a caligrafia e ao lettering. Graças a essa decisão eu pude crescer muito nessa nova área da minha vida, e foi a decisão mais importante que já tomei.

// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Eu não tenho ídolos específicos, tenho a sorte de ter vários amigos artistas que eu admiro e uso de inspiração para acordar todos os dias e trabalhar também.

Eu me inspiro muito nos estilos populares, naquele tipo de arte que agrada uma massa maior de pessoas. Adoro os letreiros de rua feitos por letristas populares, acho que é muito rico culturalmente, porque é uma arte que passou de geração em geração. Gosto muito de usar cores no meu trabalho, acho que tem tudo a ver com a minha vida e a minha personalidade. Fora isso, não sigo especificamente o trabalho de nenhum artista, prefiro me inspirar em estilos e não em pessoas.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
Marina Viabone por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Na minha área eu não sinto isso tanto. Acredito que é uma barreira que exista em algumas áreas e lugares sim. Nós mulheres, no geral, nunca somos muito encorajadas a dizer o que pensamos, a expressar o que sentimos, né?

// E o que te faz feliz?

Eu fico feliz quando finalizo algum trabalho e vejo que o cliente está satisfeito, que eu consegui captar exatamente o que ele queria. Fico feliz por poder trabalhar com o que eu gosto. É bizarro, mas isso é um privilégio, né? Tenho muitos amigos que são infelizes com o trabalho que fazem e a profissão que escolheram.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
Marina Viabone por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Eu diria para nunca terem medo de fazer o que tem vontade. Se você tem vontade de aprender algo novo, vá e aprenda. A gente é muito mais capaz do que imagina. Hoje eu me vejo dando aula, e fazendo tantas coisas que nunca achei que seria capaz de fazer. Essas descobertas são maravilhosas!

// Você tem algum novo projeto em andamento?

No momento eu planejo criar uma loja online para vender peças prontas com o trabalho. Aplicar meus letterings em camisetas, canecas e outros produtos para as pessoas terem em casa e lembrarem sempre das mensagens que eu gosto de passar.

Marina Viabone por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas