m
Lole
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
37 anos . artista . ilustradora

Na vida real, meu nome é Alessandra Lemos. Nasci no Rio de Janeiro e me formei em Publicidade. Trabalhei durante muito tempo como diretora de arte em propaganda. Sempre gostei de desenhar, mas achava que não era pra mim, que eu não tinha técnica e que era uma profissão para quem tivesse um talento natural. Pura insegurança.

Mesmo não sendo ilustradora, sempre dava um jeito de colocar minhas ilustrações nos trabalhos de direção de arte. O desejo foi ficando maior e resolvi estudar. Vi que já não era mais tão feliz em propaganda e queria mudar. Foi preciso coragem pra largar tudo e recomeçar um novo caminho cheio de incertezas e uma única certeza: eu queria ser artista. Foi assim que a Lole nasceu e se mudou para Loleland.

lole16
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Gosto de papel e amo aquarela. Aquarela é a base do meu trabalho. Também utilizo tinta acrílica e digital para a pintura. Adoro experimentar novos materiais e formas de me expressar. Tenho experimentado escultura em resina e o resultado tem sido divertido.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

A minha vida. Tudo que faço é muito pessoal, cheio de significados e sentimentos. As vezes sinto como se estivesse andando nua pela rua, já que muita coisa do meu trabalho é sobre mim ou sobre meus sentimentos.

// Como é o seu processo criativo?

Tudo começa com um tema a ser trabalhado. Escolho o tema e decido a forma como ele será retratado. Faço thumbnails e sketches dos escolhidos e decido qual será a técnica utilizada. O que mais gosto nesse processo de escolha do tema é que nem sempre ele é obvio para as pessoas. Muitas vezes vejo amigos interpretando um mesmo trabalho de formas completamente diferentes.

lole6
lole14
lole8
// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Gosto muito de viajar e conhecer novas culturas, ver filmes que me inspiram, ouvir música e prestar atenção nas letras, enfim, são algumas maneiras de me estimular criativamente.

// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Gosto muito de um trabalho que fiz para decorar uma das portas da Wieden+Kennedy São Paulo.  A ilustração foi criada baseada num dos lemas da agência “Walk in Stupid”, que significa fazer diferente, ir pelo caminho menos seguro.

Gosto desse projeto porque, além de admirar a agência, tive total liberdade para criar com um tema tão legal.

lole22
lole20
lole4
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Acho que não chamaria de marco, mas sim de um momento importante. Como sempre fui muito insegura, questionava muito se a minha mudança para ilustração foi certa ou não.

Em 2015 fiz uma exposição solo e grande parte dos trabalhos foram vendidos. Senti que as pessoas realmente gostavam do meu trabalho e queriam ter em casa.

Nada mais legal do que a resposta positiva das pessoas sobre o que você faz. Isso me deu muita motivação.

// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Gosto muito de surrealismo e acho que tenho muito influencia no meu trabalho. Gosto de Paula Rego, Louise Bourgeois, Magritte, Olaf Hajek, Joe Sorren,  Andrea Wan e tantos outros artistas.

Todos eles me inspiram e me surpreendem. São combustíveis para minha criatividade.

lole2
lole18
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Acho que sim. Na verdade, sentia muito mais quando eu era diretora de arte. Ouvia coisas absurdas de pessoas consideradas inteligentes. Hoje, estamos vivendo tempos de mudanças e de empoderamento feminino.

Também acho que na arte somos mais livres e temos menos preconceito.

lole17
// E o que te faz feliz?

Estar viva e com saúde pra continuar seguindo. A família linda que escolhi e estou construindo. Comer doce. Enfim, esses clichês importantes para continuarmos respirando.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações ?

As mesmas que daria para homens. Somos seres pensantes e criativos, sem rótulos. Criem com verdade e liberdade. Não se deixem levar por opiniões destrutivas. Sejam felizes.

lole5
lole13
lole12
lole7
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Escrevi um livro infantil e quero ilustrá-lo. Não posso falar muito sobre o projeto porque ainda está muito no começo do processo. Espero terminá-lo esse ano e poder falar mais sobre ele.

COMPARTILHE
b
//+entrevistas