m
Kathrin
Honesta
Indonésia
vivendo em Jacarta . Indonésia
23 anos . ilustradora

Olá, meu nome é Kathrin Honesta, sou ilustradora freelancer em tempo integral e moro em Jacarta na Indonésia. Me formei em Publicidade & Design Gráfico em Kuala Lumpur na Malásia. Após me formar, trabalhei em agência de publicidade por mais ou menos um ano e meio antes de decidir me demitir e voltar para casa. Eu percebi que publicidade não era para mim, e no fundo, eu sempre quis focar mais em ilustração. Só então eu comecei a ilustrar em tempo integral.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Pode variar entre métodos tradicionais e digitais. Eu amo desenhar no papel usando materiais simples como marcadores, canetas e lápis. Eu gosto da textura que eles produzem. Já no digital, eu uso principalmente o Photoshop.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Inspiração vem de todos os lugares. Eu me inspiro em muitos artistas incríveis, histórias, minha fé em Deus, natureza, música... de todas as maneiras.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

No início do projeto, eu sempre começo com lápis e papel. Tudo começa rabiscando ideias e desenhando miniaturas. Eu raramente vou direto para o digital. Eu acho difícil pensar em novas ideias se estou no computador. Apenas quando eu tenho uma ideia que eu consiga trabalhar, eu sigo para a próxima etapa para criar o trabalho.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu tento ao máximo manter um caderno com uma lista dos meus afazeres. A lista de trabalhos que tenho que fazer hoje, eu planejo no dia anterior. Isso me ajuda muito a manter o foco em uma tarefa por vez, e me ajuda a finalizar o trabalho. A outra coisa que costumo fazer, é levar um sketchbook para todos os lugares e vou desenhando no caminho. É bom para praticar e isso também mantém a criatividade fluindo.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Teve um projeto recente que eu fiz com a NagaDDB, onde criei uma série de ilustrações para a campanha chamada “#StopNurseryCrimes” para o P.S. The Children, uma organização sem fins lucrativos. A campanha era para criar consciência sobre abuso sexual infantil e como devemos educar nossas crianças, como precaver e ajudar as vítimas. Participar desse projeto me fez sentir realmente grata pela oportunidade e eu espero que o projeto possa ajudar muitas pessoas.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Eu acredito que foi quando decidi sair do meu trabalho com publicidade e comecei a trabalhar como ilustradora freelancer em tempo integral.

Foi um grande negócio para mim. Por um lado, eu estava correndo um risco, porque naquele momento, eu não tinha certeza se estava tomando a decisão certa. Mas agora, olhando para trás, eu sou grata por ter me arriscado.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Minhas principais inspirações, se tratando de artistas são: Edward Gorey, Maurice Sendak, C.S Lewis, Isabelle Arsenault, Lisk Feng, e muitos muitos outros.

Um outro aspecto da minha inspiração que realmente me influencia, é baseado na minha fé cristã, e são duas coisas muito simples: Amar a Deus e amar as pessoas. Meu princípio de vida e meu coração giram em torno dessas duas coisas essenciais que eu me esforço em tudo o que eu faço em minha vida, incluindo meu trabalho.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Nessa era, esse preconceito ainda existe, é claro, mesmo que seja muito sutil. Tem sido firmemente enraizada na sociedade, infelizmente. No entanto, na comunidade artística, esse estigma se torna cada vez mais desfocado. Não é mais sobre gênero apenas, na arte, trata-se do trabalho. É sobre a auto-expressão e o caráter.

// E o que te faz feliz?

Coisas simples me fazem feliz! Coisas como o cheiro de novos livros, sorvete, o cabelo num bom dia, e filhotes

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Apenas faça. A maior parte do tempo, temos ideias que ficam só na nossa cabeça, apenas porque existe um milhão de razões dizendo que a ideia é péssima. Isso é apenas uma desculpa que criamos para nós mesmas. Tenha fé, e apenas faça acontecer. Você consegue!!

// Você tem algum novo projeto em andamento?

Eu estarei exibindo meu trabalho na Creative Expo Taiwan esse ano. É um tanto empolgante e no momento estou preparando os materiais e trabalhos para exibir. Eu também estou trabalhando em capas de livros e algumas colaborações.

Kathrin Honesta por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas