m
Isabella
Dias
Brasil
vivendo em Albany . EUA
18 anos . fotógrafa

Sou fotógrafa, escritora e atriz,  fui criada na cidade de Belém - PA, mas recentemente me mudei para os EUA onde curso psicologia e teatro. Sou apaixonada pela arte desde criança e sempre soube que era o caminho que eu iria escolher, porém, meu amor pela fotografia somente começou três anos atrás! E desde então, estou sempre em busca de inspirações e tentando criar cada vez mais arte para que mais portas possam se abrir para mim. E além de artista, também sou ativista pelo direito das mulheres, dos LGBT, na luta contra o racismo e qualquer outro tipo de preconceito, assim como sou vegetariana e engajada na causa ambiental. Sou apaixonada por pessoas e pela natureza, e por isso tenho o objetivo de criar arte que una ambos e que de alguma forma os ajude também. Outro fato que faz muito parte de quem eu sou é minha paixão por magia e minha crença em energias, o que faz com que eu sempre traga um elemento místico e mágico para o meu trabalho. Estou sempre tentando ver o ambiente ao meu redor da forma mais positiva possível, e com minha arte busco mostrar para todos essa forma colorida e mágica de ver o mundo e as pessoas!

Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Utilizo a fotografia como principal forma de expressão, e dentro dela sempre faço uso de tecidos, plantas, e luzes para criar um ambiente de grande energia que possa tanto capturar a essência e poder daqueles que fotografo, quanto expressar minha visão do mundo, das suas cores, e da magia do seu povo.

Também utilizo muito da escrita como forma de me expressar, principalmente agora que estou trabalhando no meu primeiro livro, porém, ainda guardo somente para mim os projetos nos quais uso as palavras como ferramenta de expressão.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

O que me inspira em primeiro lugar são as pessoas ao meu redor, especialmente as mulheres do Brasil. Pois, apesar de amar muito a natureza e as cores do mundo, sempre me encontro voltada à pessoas, e buscando por melhores formas de as retratar. Mas apesar desse meu grande interesse em seres e suas personalidades, sei que o trabalho que faço não seria tão pessoal e tão único se eu não tivesse crescido no Brasil e entrado em contato com tantas plantas, animais, cores, e sons que me inspiraram desde criança a sempre imaginar lugares e cenários incríveis, e a tentar os tornar realidade. E é graças à isso que a minha maior motivação para criar é a energia e as cores do mundo ao meu redor, e o fato de que eu posso utilizar esses incríveis elementos que já existem, para criar mundos e ambientes que somente existiam em minha mente, assim podendo homenagear e demonstrar como vejo tudo e todos ao meu redor.

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Como disse anteriormente, que sempre me encontro voltada a retratar pessoas e criar cenários que encaixem nelas e em suas energias, a primeira parte do meu processo criativo geralmente consiste em encontrar alguém que tenha características que me interessem, que despertem ideias em mim. Depois que encontro essa pessoa, começo a fazer um brainstorming sobre cores, tecidos, e objetos que combinariam com a energia que essa pessoa me passa.

Como amo muito observar todos ao meu redor, tenho muita sensibilidade em relação ao que cada pessoa me passa sobre seu jeito de ser e sobre sua aura, o que me faz ter uma grande facilidade de criar cenários que possam perfeitamente capturar a essência e o poder daqueles que escolho fotografar. Portanto, meu processo criativo gira em torno de quem irei retratar, e sempre tem como componente elementos da natureza e objetos que compõem o ambiente ao meu redor e que me inspiram de algum jeito.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Algo que sempre ajuda minha criatividade fluir é me manter cercada de arte. Seja indo no site dos meus artistas favoritos, ou pesquisando por trabalhos visualmente incríveis nas redes sociais, ou até mesmo analisando meus próprios trabalhos. Sentir as cores, cenários, luzes, e ambientes que artistas do mundo todo retratam em seus trabalhos, é um combustível artístico que me dá um grande impulso para criar.

Quando me encontro em um bloqueio artístico, sei que se eu me rodear de imagens que me inspiram, voltarei a sentir a sensação incrível que a criatividade me traz, o que é algo que sempre me carrega em direção a ideias incríveis.

 

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Tenho muito orgulho da maioria dos projetos que faço, porém, o projeto que realizei há pouco tempo, entitulado de “Energia Feminina”, sem dúvida é o trabalho que realizei que mais me trouxe sentimentos bons e feedback positivo.

Acredito que me sinta tão incrivelmente ligada à esse projeto pois o criei na primeira vez que voltei à minha cidade natal depois de ter passado quase um ano fora. No momento que fiz o brainstorming do projeto, o que eu mais sentia era falta do Brasil e principalmente do seu povo, o que me fez sentir a necessidade de criar um projeto que focasse na energia das mulheres brasileiras, pois senti que era o melhor jeito de criar um trabalho com uma gigantesca ligação ao lugar e as pessoas que me fazem sentir como eu mesma. Nesse projeto fotografei mulheres incríveis da minha cidade e conversei com elas sobre energias, magia, e o poder interior que as mulheres tem e a importância de entrar em contato com ele. O projeto foi composto tanto dos retratos que criei de cada garota, em cenários cheios de energia e que representavam a minha interpretação da aura de cada uma e da minha, e também foi composto de relatos das participantes sobre diversos assuntos que giram em torno desse tema. Esse projeto é muito profundo e importante, e espero que mais mulheres possam ser inspiradas por ele!

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Acredito que ter participado de uma exposição em New York quando eu tinha 16 anos e começado a fotografar há pouco tempo, me deu um impulso muito grande e fez com que eu e os outros ao meu redor dessem mais valor ao meu trabalho e apostassem mais em meu talento. Também, ter me mudado para os EUA e morar perto de NYC foi um marco muito importante na minha vida que já me proporcionou experiências e oportunidades artísticas gigantescas.

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Amo demais diversos artistas, porém, meus favoritos com certeza são Tim Walker, Hana Mendel, Nadine Ijiwere, Txe Mayeste, Zee Nunes e Alexandra Von Fuerst. Minhas maiores inspiraçōes são a natureza, as mulheres, as cores do Brasil, a arquitetura europeia, e a arte renascentista; todos esses elementos me inspiram diariamente pois sempre busco me cercar deles, e acredito que isso tudo se reflita integralmente no meu trabalho, desde o local que eu escolho para fotografar até as cores que escolho para editar as minhas fotos.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Com certeza, não só no mundo da arte mas em qualquer lugar. A sociedade sempre sente medo do que as mulheres tem a falar, por isso está sempre tentando tirar nossos espaços de expressão. Nós mulheres temos tanto a criar e a mostrar ao mundo, e só de fazermos arte e qualquer outro tipo de expressão dos nossos sentimentos e pensamentos, já estamos fazendo uma grande resistência, da qual eu me orgulho muito de fazer parte. Sei que que sou muito privilegiada, mas apesar disso já passei por diversos momentos onde o machismo afetou meu trabalho; seja através de homens conseguindo mais oportunidades e reconhecimento do que eu, apesar do meu mérito, seja através da sociedade tentando calar meu trabalho e me fazer sentir como se minha arte não fosse importante ou boa o suficiente. O machismo que passamos todos os dias nos afeta integralmente, e é por isso que sinto muito orgulho sempre que vejo mulheres se expressando e lutando por seus direitos de se expressar e de serem reconhecidas.

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

As pessoas que eu amo, a arte, lugares coloridos, chocolate, estar no Brasil, a força e resistência das mulheres, energias, e poder viver e experienciar coisas incríveis e únicas!

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Uma dica essencial que eu sempre digo para quem me consulta é sempre tentar dar valor aos elementos do ambiente ao seu redor, mesmo se eles não forem tão glamourosos, pois com um pouco de esforço tudo pode se transformar em arte. Como venho de uma cidade pequena, eu sofria muito com o fato de que eu não tinha muitos lugares e muitas coisas inspiradoras para usar na minha arte, e foi por isso que aprendi que o melhor jeito de ter um trabalho único e potencializar minhas criações é ver tudo como algo que tem potencial pra virar arte, não somente as coisas e lugares que estamos acostumados a ver na maioria das obras de arte. A arte tem o poder de transformar algo que ninguém dava valor em algo muito interessante e incrível, por isso acredito que todos os artistas deveriam sempre tentar ver o mundo ao seu redor com um olhar mais interessado, com um filtro artístico, porque às vezes as coisas mais inspiradoras estão muito próximas de nós, mas acabamos ficando cegas à elas. Outra dica que eu daria é não esperar que as coisas aconteçam, não esperar ser descoberta, mas sim correr atrás das oportunidades. Mandar o trabalho para revistas, entrar em concursos e etc, são as melhores formas de conseguir reconhecimento e de avançar na carreira. É muito importante que acreditemos em nós mesmas e que também compartilhemos com os outros o nosso talento e nossa visão, sempre tentando não ter medo da falta de inspiração, e sim se aventurando e pesquisando novas formas de a utilizar.

Isabella Dias por Projeto Curadoria
Isabella Dias por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

No momento estou na fase de brainstorming para a segunda parte do meu projeto “Energia Feminina”! É um projeto que tenho muito orgulho e que acredito que seja de grande importância, e quem tiver interesse de o conhecer é só entrar no meu site “isabelladias.format.com” onde o trabalho está disponível na íntegra.

COMPARTILHE
b
//+entrevistas