m
Fernanda
Silva
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
28 anos . ilustradora . designer

Olá, me chamo Fernanda, sou designer gráfica e ilustradora, e durante anos trabalhei em diversas áreas do design, mas sabia que ali não era o meu lugar. Por muito tempo tive ao meu lado a minha maior inspiração, a minha avó, tudo que ela plantava, nascia de uma forma tão natural como se aquelas plantas fizessem parte dela (corpo e alma), mas na época, trabalhar com plantas era tão utópico que me deixei levar pelo trabalho diário.

Depois de um tempo, me redescobri no mundo das plantas e por meio da ilustração botânica vi um caminho possível para desenvolver a minha arte.

Fernanda Silva por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Hoje trabalho com canetas pretas 0.03, 0.05 e aquarela, mas quero muito explorar outros materiais, como a tinta acrílica.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Busco inspiração nas minhas vivências do dia a dia, no meu quintal, pelos arredores da minha casa, procurando por flores e folhas com formas e cores diferentes, sempre é um grande desafio. O Instagram também é uma fonte cheia de referências, uma ótima ferramenta para encontrar artistas incríveis.

// Como é o seu processo criativo?

A ilustração científica botânica é um processo muito sensível, aprendi que preciso estar bem comigo mesma para começar um processo criativo. Ela se diferencia totalmente da ilustração artística. A ilustração botânica exige muita concentração e foco, por ter que representar de forma detalhada e fiel as formas e estruturas da planta, utilizando-a como modelo vivo para desenvolvimento. É um processo árduo, mas que me ensinou a ser mais paciente, persistente e detalhista.

Fernanda Silva por Projeto Curadoria
Fernanda Silva por Projeto Curadoria
// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Procuro sempre sair do meu casulo para conhecer novas floriculturas, ateliês botânicos, pesquisar materiais novos em papelarias, ver gente, conversar e espairecer.

// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Acho que os meus projetos preferidos serão sempre os que vieram por último e os que virão, porque a partir deles que verei a minha evolução e aperfeiçoamento profissional.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Sim! O Herbário Afetivo ainda está no começo, mas é incrível perceber quando as pessoas se identificam com o meu trabalho.

Quando a minha coleção de plantas afetivas se torna afetiva para o outro, seja por lembrança familiar, cheiros ou costumes.

Fernanda Silva por Projeto Curadoria
Fernanda Silva por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

A minha maior influência é a artista botânica inglesa Margaret Mee, ela fazia muitas expedições sozinha, ilustrava em frente as plantas em contato direto com a natureza, uma das minhas metas. Outra inspiração é a ilustradora brasileira Cecilia Tomasi, a pouco tempo tive o prazer de aprender um pouco sobre Ilustração Botânica com ela.

Também gosto muito das cores quentes e intensas do artista Van Gogh, sempre procuro usá-las em minhas fotos para redes sociais.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Sim. Em relação à ilustração botânica ainda não, mas já senti uma certa resistência e questionamento pelos meus trabalhos anteriores, pelo simples motivo de ser mulher e as pessoas (homens) não botarem fé que as ilustrações tinham sido feitas e criadas por uma mulher, mas acredito que isso está melhorando cada vez mais.

Fernanda Silva por Projeto Curadoria
Fernanda Silva por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Poder ser eu mesma, ter pessoas incríveis ao meu lado e trabalhar com o que eu realmente gosto.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Ter foco, continuar sempre persistindo no que você acredita. Pare de se comparar com outras artistas, cada uma tem seu tempo, estilo, espaço e ascensão.

// Você tem algum novo projeto em andamento?

Sim! Quero fazer uma série de ilustrações botânicas apenas com plantas brasileiras, pois vejo que as pessoas não conhecem nem metade das plantas do Brasil e também planejo explorar outras superfícies como a estamparia.

Fernanda Silva por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas