m
Elisa
Riemer
Brasil
vivendo em Maringá . PR
31 anos . artista

Sou a Elisa, artista gráfica, artivista e amante de mulheres. Faço a arte que nasce da minha sensibilidade, da complexidade entre nossas relações, retrato as muitas sensações físicas, químicas, psíquicas, que nos são despertadas no corpo.

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Sou colagista, faço montagens, trabalhos de colagens e fotomontagens.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

As mulheres. Nossa vivência, nossa vida, nossas relações, a descoberta de nós mesmas.

// Como é o seu processo criativo?

É natural, silencioso, às vezes doloroso. Eu passo bastante tempo com a síntese da criação na minha cabeça, o resultado final simplesmente me aparece, às vezes no dia a dia, às vezes em sonho. E a partir daí é dar tempo ao tempo e ir organizando como vou fazer para chegar até lá.

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu sou curiosa. Tudo que eu não conheço ainda, eu fuço, vou aprendendo, descobrindo, procurando até saber de onde veio. Quero saber a origem de tudo, acho que isso de me manter desperta, curiosa, me ajuda muito a me manter em constante criatividade.

// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Tenho um apreço por algumas artes, em Equinócio eu senti que começava um novo ciclo, que pela primeira vez eu havia conseguido me expressar completamente, soltar tudo de dentro de mim em uma arte. É muito especial para mim.

E, claro, NOSOTRAS Tarot, a minha Deck, trabalhar com as cartas foi um processo longo, nós criamos uma relação intensa. Eu acho que esse Tarot é meu grande projeto de vida, nós já passamos, e ainda passaremos, muito tempo juntas.

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Na verdade eu ainda estou passando por ele, infelizmente não posso falar muito sobre agora, estou vendo como esse momento vai influenciar na minha trajetória. Atualmente muitas provações estão chegando e muitas decisões estão precisando ser tomadas. Vamos ver.

// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Eu já tive várias fases, a Frida influenciou bastante no princípio, quando comecei com arte política. Atualmente pesquiso e me inspiro muito na Pamela Smith, responsável pelo Tarot de Waite, ela foi uma artista muito jovem, morreu muito jovem também. Gosto muito da Marina Abramovic, aprendo muito com ela, com a forma como ela lida com o corpo, a dor física, a psiquê. Acho ela uma mulher incrível.

Eu costumo buscar muitas mulheres, artistas das quais ainda não sabemos nada, que ficaram escondidas pela história, mas que tiveram criações incríveis, imensas!

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

A mulher não pode se expressar livremente. Não podemos simplesmente. Eu sou bloqueada no Facebook todo mês, sempre alguém denuncia minhas artes ou o fato de eu falar a palavra “sapatão”, que eu AMO. Minha página precisa ser +18, é considerada pornográfica, sou constantemente lembrada que meu trabalho é ótimo, mas “inadequado” para as pessoas, para os lugares, exposições.

Antigamente já me peguei tirando elementos de imagens, pensando em como deixar “menos lésbico” para ser aceita. Hoje em dia eu me sinto muito confiante, muito confortável com a minha arte, com quem eu sou e principalmente em retratar o amor entre as mulheres.

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Conseguir me curar através da arte. Para mim é incrível ver o quanto superei, o quanto transformei sentimentos que achei que jamais iriam parar de doer, que jamais seriam perdoados, em cura, aceitação, tranquilidade.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Se conheçam. Essa parte de se descobrir, de ter conhecimento sobre a própria anatomia, o corpo, as sensações que ele nos conta é uma fonte inesgotável de potência criativa.

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
Elisa Riemer por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

O NOSOTRAS Tarot é meu projeto de agora e o será por muitos anos ainda. Terminei o deck dos Arcanos Maiores e consegui materializá-lo por financiamento coletivo. Agora pretendo abrir para venda do Tarot em meu site e começar desenvolvimento dos Arcanos Menores. Quanto antes, quero conseguir materializá-los também! Estou muito ansiosa por essa nova jornada. Vida longa a nós, mulheres!

Elisa Riemer por Projeto Curadoria
COMPARTILHE
b
//+entrevistas