m
Elisa
Rangel
Brasil
vivendo em Guaratinguetá . SP
34 anos . artista . ilustradora

Me formei em Artes Visuais no interior de São Paulo. Mas trabalhei por mais de doze anos como auxiliar de restauração de Artes Sacras. Minha função era “conservar”, mas na verdade, queria mesmo era “criar”.

Depois de muitos anos, voltei a brincar de desenhar e, por ironia do destino, me interessei e me fascinei por aprender aquarela, que na época da faculdade, foi a técnica de pintura que mais me marcou, pela falta de material acessível e por parecer “quase impossível” de se conseguir resultados.

Fui postando meus processos de estudos e testes no Instagram e o sonho se concretizou!

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Me apaixonei pela fluidez da aquarela e do nanquim, embora também gosto de utilizar e experimentar novos materiais e processos. Gosto de traços mais orgânicos e minimalistas.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Sem dúvidas, o meu próprio processo de amadurecimento, de perceber coisas muito simples e belas ao meu redor, como as plantas, os animais, as transformações e observações do meu próprio humor em cada ciclo menstrual, a própria lua e suas fases. É uma bela ferramenta para canalizar minha depressão e assim utilizá-la de uma forma boa!

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Gosto muito de fotografar. Muitos detalhes de registros viram ilustrações. Também sou muito adepta dos sketchbooks. Seleciono as ideias de acordo com os momentos diários. Rabisco, sobreponho mais rabiscos e os finalizo!

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Simplesmente procurar fazer com que todos os dias sejam sempre diferentes uns dos outros. Estou sempre observando coisas que não havia reparado e analisando com outros olhos coisas normais que sempre tem algo curioso e passa despercebido. Aprecio todos os dias, o processo de evolução das minhas plantas e hortinhas!!

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Acho que meus trabalhos preferidos são os que envolvem animais de poder da cultura xamânica. E também as séries que estão surgindo, onde a mulher é o centro de seus sonhos e frustrações, abstraindo medos e inseguranças de ser mulher no mundo hoje.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Eu simplesmente tomei a decisão de sair do meu trabalho de anos, para me redescobrir como artista. Não tinha certeza de nada! Foram dois anos de perrengues, mudanças, mas também de muitas descobertas e aprendizado, até receber os pedidos das minhas primeiras encomendas.

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Me sinto muito influenciada pelo universo da mulher balzaquiana, dos trinta e poucos, e toda a beleza e delicadeza que me cerca. Alguns dos meus artistas favoritos são Henry Matisse, Amedeo Modigliani, Gustav Klimt, e outros artistas mais modernos e contemporâneos. Música também reflete muito em meus trabalhos.

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Acredito que nós mulheres precisamos de grandes impulsos e força interna para chegarmos aos resultados desejados, lutar todos os dias contra medo, insegurança, angústias e nunca desanimar! Porque só convivendo com um ciclo menstrual para saber que não é mole não desanimar! Preconceito e ignorância existem!! Mas no meu trabalho, recebo muitas encomendas de homens!! E isso é bem bacana!!

// E o que te faz feliz?

Pequenas coisas do dia a dia, reencontrar amigos queridos, apreciar o sol, a lua, nadar, fazer yoga, beber um cafézinho, regar as plantas, pintar com a companhia dos meus gatos e ser muito grata pelas possibilidades que a vida vem me mostrando a cada dia.

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Mulheres! O começo nunca é fácil. Mas depois os resultados são tão surpreendentes que as ideias e toda a dedicação só tendem a se fortalecer! Não deixem de estudar, pesquisar, acreditar e amar o que você faz!

Elisa Rangel por Projeto Curadoria
Elisa Rangel por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Projeto é o que mais tenho em mente! Brincadeira... mas são vários. Acabei de retornar para a minha cidade natal e acredito que em breve surgirá novas possibilidades e mudanças no meu trabalho. Pretendo experimentar outras formas plásticas, outros suportes e materiais diversificados, mas não abandonarei a aquarela! Que ainda é o meu carro chefe!! O mundo está cheio de possibilidades e não sei nem o que vou observar de novo amanhã!

COMPARTILHE
b
//+entrevistas