m
Carol
Cuquetto
Brasil
vivendo em Vitória . ES
37 anos . designer . ilustradora

Sou designer e ilustradora e moro em Vitória. Divido meu tempo entre o trabalho em uma agência de publicidade e meus projetos autorais de ilustração. Nos jobs de direção de arte ou design gráfico sempre tentei incluir a ilustração de alguma forma, mas sentia a necessidade de produzir algo independente em que eu pudesse me expressar de forma mais subjetiva. Gosto de trabalhar com fragmentos de pensamentos e memórias para produzir desenhos que são instantes de amor, apegos e pequenas ironias.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Antes de qualquer coisa, lápis e papel para experimentar e esgotar um assunto. Utilizo muito canetas nanquim, aquarela (quase sempre nas cores preto e azul) e materiais próprios para as ilustrações em porcelana. Só os trabalhos que são destinados à produção de prints passam por um processo de finalização ou vetorização no computador.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Tenho curiosidade pelos detalhes, pelas coisas miúdas. Uma frase solta, um objeto, um pedacinho de uma cena podem ser o ponto de partida para uma ilustração. Acredito que o desenho seja uma forma de pensamento e de contar uma história, e isso me motiva.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Estou sempre desenhando em qualquer pedaço de papel. É um processo aparentemente caótico para quem está de fora, mas que tem uma certa lógica pra mim. Passo muito tempo acumulando ideias e anotando coisas sem muita preocupação. Mais tarde retomo esses rascunhos e experimento formas de concretizar uma ideia específica. É quase sempre um processo de insight, rabiscos e refinamento.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Eu gosto de ouvir histórias de outras pessoas e explorar os mínimos detalhes em uma conversa. Adoro objetos pequenos e penduricalhos, e posso passar horas em uma loja de aviamentos, por exemplo. Uma caixinha de costura é uma maravilha. Também acho importante continuar estudando e aprendendo com o trabalho de outros artistas.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Em 2015 publiquei o livro de ilustrações “Como matar um amor de tédio” que é certamente meu projeto mais significativo. Durante muitos meses deixei o livro em praças, pontos de ônibus e cafés e registrei esses locais em uma conta do Instagram - @morrerdetedio. É muito legal quando alguém me procura pra contar que encontrou.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

A publicação do livro me colocou em contato com muitas pessoas diferentes e isso teve um impacto relevante. Acabou rendendo novos contatos para trabalho e mais motivação para produzir outras coisas. Decidi experimentar meus desenhos em outros suportes, como a porcelana, e agora, minha intenção é produzir peças decorativas que sejam também objetos com um pouco de poesia.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

As casas das minhas avós e os objetos e coisinhas que elas acumulavam moldaram o meu imaginário. Minha cabeça está sempre voltando para esses lugares. Gosto muito dos trabalhos da Irana Douer, Henn Kim, Thais Beltrame, Troche, Liniers. E Leonilson ... que é lindo e inspirador demais.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Sim, claro. Apesar de não sentir de forma direta no meu trabalho, em um mercado predominantemente masculino, a maioria de nós ainda precisa provar sua capacidade o tempo todo.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Pudim.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Explore o que faz sentido pra você, os assuntos e os questionamentos que te interessam e se conecte com pessoas que estão produzindo também. Acho importante testar coisas novas e sair da segurança do que já sabemos fazer. Durante muito tempo as minhas ilustrações eram muito coloridas, vetoriais e geométricas, bem diferentes do que eu faço hoje. Pode ser que eu retome esse tipo trabalho, mas estar aberta a mudanças e experimentar outras alternativas podem trazer resultados muito interessantes.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Estou concentrada nas ilustrações em porcelana e construindo minha loja virtual (hoje as vendas são feitas basicamente pelo Instagram). Tenho vontade de fazer um inventário ilustrado dos objetos que me fascinavam durante a infância e que não saem da minha cabeça até hoje.

Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria
Carol Cuquetto por Projeto Curadoria

Foto 1 por Tati Hauer

COMPARTILHE
b
//+entrevistas