m
Anna
Maeda
Brasil
vivendo em São Paulo . SP
28 anos . ilustradora

Meu nome é Anna. Sou designer por formação e ilustradora de coração. Desde a infância o desenho esteve presente e logo cedo já sabia que queria fazer algo nessa área. Me formei em design e trabalhei com diagramação por alguns anos. Sempre tentava ilustrar quando possível, a vontade de desenhar e pintar nunca me largou, só foi crescendo. Quando sai do meu último emprego estava inquieta e decidi que iria focar nesse sonho.

Comecei divulgando meu trabalho nas redes sociais e vendendo produtos com meus desenhos. Hoje em dia continuo com os produtos, canecas, pratos decorativos, cartões, prints e quadros, e trabalho como freelancer. Ainda me considero muito nova no mercado, mas aos poucos vejo meu trabalho florescendo. É muito gostoso ter a oportunidade de trabalhar com o que se ama.

Gosto de desenhar mulheres, flores, pássaros e pequenas histórias. Fazer poesia com linhas e cores. Cada pintura fala um pouco de mim. Cada trabalho é um pedacinho meu que externalizo.

annamaeda11
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Papel, lápis, caneta e tinta sempre estiveram presentes. Hoje trabalho com aquarela, gouache, pintura em cerâmica, pintura e arte digital, e comecei a modelar em porcelana fria.

// Qual é sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Minha maior motivação para criar é o que sinto, sentimentos pelos quais estou passando. É por eles que surgem as peças mais bonitas e significativas pra mim.

A inspiração mora em muitos lugares para mim, em pessoas, momentos da vida, na natureza, no trabalho de outros artistas. Às vezes nem sei de onde ela vem, o importante é a gente se encontrar.

annamaeda13
annamaeda18
// Como é seu processo criativo?

Normalmente faço uma pesquisa antes de cada trabalho, vou atrás de referências, investigo o que já foi feito. Depois da pesquisa feita e com algumas ideias na cabeça, faço pequenos rascunhos para entender qual composição ficaria melhor, por fim, finalizo.

Algumas vezes tenho em mente o resultado plástico que quero chegar, mesmo que quase nunca fique igual ao que imaginei, outras não tenho ideia aí acabo experimentando bastante enquanto finalizo.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Gosto de estar em contato com todo tipo de arte, ajuda a inspirar. Ir à exposições, cinema, peças, shows, cada experiência gera algo novo em mim. Ficar perto de pessoas que são queridas. Também gosto de sempre acompanhar artistas que admiro, minha timeline está recheada deles.

Acredito que sair do meu lugar óbvio também ajuda, viajar, conhecer novas culturas, lugares e pessoas.

annamaeda17
annamaeda20
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Dos mais atuais tenho uma série que trabalha o azul, mãos e flores. Ela foi produzida para Comic Con 2016 e apesar de não ter sido minha prioridade, a série foi muito bem aceita no evento. Foi muito especial, pois foi um dos trabalhos que fiz com mais gosto por ser uma junção de coisas que adoro e não esperava um bom retorno com elas. As pessoas elogiavam e fiquei feliz de ter conseguido fazer algo que as tocaram.

// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Um dos marcos mais recentes foi ter participado na Artists Alley da Comic Con, eu pude ver de perto como meu trabalho é recebido e isso me incentivou a continuar. Foi um evento muito especial para mim.

annamaeda10
annamaeda5
annamaeda4
annamaeda8
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Flores, natureza, animais, mulheres são alguns temas que me inspiram. Acompanho muitos artistas pelas redes sociais, alguns dos meus preferidos são Conrad Roset, Andrew Hem, Isabele Arsenault, Rebeca Green, muitos deles ilustram para livros infantis, que é uma das minhas paixões.

// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Eu não sinto no meu trabalho, mas acredito que muitas artistas sofram dependendo dos seus temas. Sabemos que o machismo é muito presente na sociedade e nos alcança em todos os lugares, acredito que não seja diferente no meio da arte.

annamaeda22
annamaeda26
annamaeda21
// O que te faz feliz?

Criar, estar perto de pessoas queridas, tinta, cachorros e comida. Quando gosto de algo que criei e depois quando vejo que outras pessoas gostaram também.

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Acredito que para seguir nesse caminho criativo é preciso ser persistente, os resultados vem a longo prazo, então não desista! Continue curiosa, treinando, aperfeiçoando o que já sabe, investigando coisas novas, só não se deixe murchar/estagnar. O caminho às vezes desanima, por isso é bom se tratar com carinho, conhecer seus limites e como é o seu modo de trabalhar, isso vai ajudar a criar com mais serenidade.

// Você tem algum novo projeto em andamento?

Eu tenho alguns projetos na gaveta que planejo concretizar em 2017. Estou trabalhando em um livro com lançamento previsto entre março e abril, é uma publicação pequena com poucos exemplares, mas muito querida. Estou muito interessada em produzir publicações. Também pretendo dar continuidade ao trabalho de modelagem que iniciei no fim do ano passado.

annamaeda24
COMPARTILHE
b
//+entrevistas