m
L.T.G
Ana Novaes
Brasil
vivendo em Santo André . SP
25 anos . ilustradora

Tenho 25 anos, nascida e criada no ABC Paulista, casada e dona de dois gatinhos, Greta Garbo e Agente Federal Dale Cooper! Não possuo formação acadêmica, comecei a faculdade de Artes, e vi que não era pra mim, não sei bem o porquê, mas me sentia presa à forma e meios que me eram dadas. Meus pais sempre me incentivaram a fazer o que quisesse da minha vida, então o fiz! Desenho desde sempre (segundo minha mãe), e sempre foi esse caminho que queria seguir : criar! Já me interessei demais por moda, já desenhei muita roupa, já cortei muito tecido, já fui assistente de figurinista, etc!

Tive que seguir num trabalho mais “estável” , coisas da vida, mas aquilo realmente me deprimia, não adiantava, eu não seria feliz fazendo outra coisa.

Larguei o trabalho e fui trabalhar com meu namorado (agora marido!), que trabalha com mosaico! Foi um alívio e uma felicidade, e o que mudou tudo de vez.

A partir daí, com horários flexíveis e trabalho prazeroso que voltei a desenhar. Não parei mais, e tudo tem dado fruto!

Me esforço muito em tudo que faço, não sou a pessoa mais técnica do mundo, me viro e crio!! O mais importante eu faço: sigo lutando pelo meu trabalho e minha arte!!

Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Hoje me foco no papel e nanquim! E às vezes alguns trabalhos em parede, por enquanto menos do que eu gostaria, outra forma que quero explorar ao máximo!

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

Tudo! O externo pra mim é reflexo do meu ser e o que vejo no todo. Como já escreveu Rilke : “Caso o seu cotidiano lhe pareça pobre, não reclame dele, reclame de si mesmo, diga para si mesmo que não é poeta o bastante para evocar suas riquezas, pois para o criador não há nenhuma pobreza e nenhum ambiente pobre, insignificante.” Carrego isso como a maior lição que um artista pode ter! O livro que pertence esse trecho me mudou e me moldou como artista e pessoa.

Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Como é o seu processo criativo?

Eu diria que muito natural e desobediente! Por muitas vezes sento e crio o dia todo, novas ideias, novos esboços, encomendas. Há dias que algumas ideias não saem do papel, simplesmente não funciono. Quando isso acontece, relaxo um pouco, estudo, leio, vejo algo inspirador, e pronto, deu o clic na mente e volto com tudo! Não tenho um processo fixo, sento em minha mesa, coloco um Ben e vou criar!

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Vejo muita série e filme! Acompanho artistas que gosto, re-visito grandes mestres, e sempre volto ao que me inspirou muito no começo, e inspira até hoje, Harry Clarke!

Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Ah, essa é difícil! Mas teve um trabalho que me tocou muito quando chegou a mim. Foi uma arte para ser tatuada. A Stela contou sua história de vida, suas superações e tudo aquilo me inspirou demais e acredito que uns dos meus melhores desenhos, tanto em significado e composição, foi essa tatuagem para ela! Vou aproveitar e agradecer aqui! Muito obrigada Stela!

Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Acho que dei spoiler lá em cima! Hahaha!! Foi quando decidi desenhar pra valer. Faço isso pra sobreviver, e é bom demais fazer o que se sonha! Eu sabia que seria, mas isso me mudou de um modo que eu achei que não seria possível, sou uma pessoa melhor graças à minha arte, graças à honestidade em cada relação que tenho com as pessoas hoje, em cada arte que envio, em cada recadinho, em cada traço, em tudo!

// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

David Lynch, Ana C., Harry Clarke, Alfred Kubin, Pessoa, Rilke, Jorge Ben, Frank Ocean, Nico, enfim! Todos determinantes no meu trabalho, seja numa camada mais profunda ou não, consciente ou não. Mas David Lynch é o maior de todos, a profundidade de seus trabalhos me inspira muito, ele é um artista a ser lembrado pra sempre!

Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Claro que existe. Mulheres não podem se expressar de determinadas formas que é visto como “insinuação”. Tudo tem uma conotação sexual, mesmo que esse não seja o objetivo. Mulheres não podem desenhar, ou escrever, ou criar qualquer conteúdo relacionado ao erotismo,ou mesmo uma simples nudez, infelizmente as coisas NATURAIS são vistas com os olhos sujos e preconceituosos. Mas cá entre nós, azar dessas pessoas de mente e coração pequeno, que perdem a vida em sua totalidade! Azar dos preconceituosos. Nós continuaremos em frente, pra sempre.

Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
// E o que te faz feliz?

Desenhar, meu marido fofo, ficar em casa, uma cerveja gelada, meus gatos, meus sobrinhos e meus pais que são sensacionais! Ah, e comer!!

// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Não parar por nada. Não deixar a dureza da vida e cotidianos te abalar, criar sempre, nem que seja um pedacinho no dia. E o mais importante, não transformar seu sonho em hobby! Acredita, levanta a cabeça e segue em frente! Sempre!

Ana Novaes por Projeto Curadoria
Ana Novaes por Projeto Curadoria
// Você tem algum novo projeto em andamento?

Minhas artes estão no Bendita Coletivo há um tempinho, e de outras minas incríveis! Seguem lá!

E estou com várias séries de desenhos novos em processo: dos signos, dos demônios, das filhas de Lilith…

E quem quiser me ajudar, me chama no Direct do Instagram, quero ouvir das pessoas sobre seus signos e como isso as afeta de fato, quero relatos mais pessoais, para artes mais pessoais! Quero uma nova abordagem desse tema!

COMPARTILHE
b
//+entrevistas