m
Alessandra
Genualdo
Itália
vivendo em Londres . Inglaterra
29 anos . ilustradora

Sou de uma pequena cidade no sul da Itália, mas moro em Londres há 7 anos. Eu ganhei um mestrado em ilustração na Camberwell College of Arts em 2012 e desde então eu venho trabalhando como ilustradora freelancer, artista e mais recentemente como professora de ilustração. Eu trabalho no meu estúdio em East London, onde divido o espaço com outros dois artistas e minha cachorra Kira.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Quais ferramentas você utiliza para se expressar?

Eu uso principalmente pintura em guache e lápis de cor. Eu trabalho mais sobre o papel, mas recentemente experimentei a cerâmica como uma nova tela para eu pintar.

// Qual sua maior motivação para criar? O que te inspira?

O que me rodeia é sempre muito inspirador para mim, mesmo que não seja diretamente traduzido visualmente no meu trabalho. Eu sou atraída por motivos decorativos como flores e folhas, como uma representação do mundo natural com o qual me sinto conectada. A figura feminina também é uma grande fonte de inspiração, sendo mulher. Minhas ilustrações e pinturas refletem minha vida pessoal e emoções, e a forma que os personagens evoluem refletem a maneira que minha própria percepção evolui ao longo do tempo.

// Como é o seu processo criativo?

Depende no que estou trabalhando, seja um projeto pessoal ou comissionado. Eu analiso a ideia e faço algumas pesquisas ou procuro por inspiração em livros, filmes e músicas. Eu começo com um esboço bem grosseiro, que depois redesenho cuidadosamente, então posso continuar para a pintura em guache. Eu gosto de visualizar claramente em minha cabeça como eu quero que a imagem final se pareça – óbvio que isso pode mudar um pouco durante o processo.

// O que você faz no seu dia a dia para se manter criativa?

Todos os dias eu começo o dia com uma caminhada no parque com minha cachorra Kira. É sempre bom poder sair um pouco da sua mesa e depois voltar para o trabalho com uma nova perspectiva.

Ler também é uma grande fonte de inspiração – quando estou muito ocupada, às vezes acabo me esquecendo o quão importante é dedicar algum tempo, todos os dias, para um bom livro.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo?

Eu sou muito crítica com o que eu faço, e o que eu gosto em um dia eu posso odiar no outro, e vice-versa. Um dos projetos favoritos em que trabalhei (e continuo trabalhando) é uma série de pinturas ilustrando a vida de duas antigas amigas da minha avó, Elvira e Giulia, vivendo juntas em uma casa onde eu passei grande parte da minha infância.

Cada pintura é muito pessoal para mim, e isso reflete como eu me recordo daquela casa e daquele tempo. Eu tenho muitas boas memórias associadas a elas.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Você teve algum marco importante na sua carreira ou um momento decisivo? Como isso influenciou sua trajetória?

Provavelmente foi quando alguém disse que meu trabalho seria bastante adequado para a moda. Eu cresci rodeada por revistas de moda por causa da minha mãe, e eu sempre fui muito atraída pelos formatos, materiais e estampas, mas nunca pensei no meu trabalho no contexto da ilustração de moda. Então, no ano passado, eu tive a chance de trabalhar com a Gucci, Erdem e Show Studio, e mesmo que eu não me defina como uma ilustradora de moda, eu amei a experiência e adoraria trabalhar com outras marcas no futuro.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Quais são suas influências, inspirações ou artistas preferidos? Como isso se reflete no seu trabalho?

Eu fui influenciada por uma variedade de artistas desde que comecei a me interessar por ilustração, alguns deles continuam uma grande inspiração ainda hoje. Matisse, Toye Jansson, Jonas Mekas, Niki de Saint Phalle, Jean Luc Godard, Alexander Girard, William Morris... todos influenciaram o meu trabalho de diferentes maneiras. Eu também acho ilustrações botânicas antigas muito inspiradoras, então toda vez que eu vou a uma loja de livros de segunda mão, eu compro um pequeno livro de ilustrações de plantas e flores.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Ainda existe algum preconceito em relação a mulher se expressar livremente? Você sente isso no seu trabalho?

Vivendo em um país ocidental eu não sinto muitas restrições nesse sentido, de poder me expressar como mulher. Eu sou sortuda o bastante e nunca pensei em precisar censurar minha criatividade para atender as expectativas de uma cultura ou gênero em particular. Mas eu sei que é um privilégio que nem todas as mulheres têm, se é algo ditado por uma cultura ou religião, os homens não são afetados da mesma maneira.

// E o que te faz feliz?

Minha cachorra, café, estar na floresta, neve.

Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
Alessandra Genualdo por Projeto Curadoria
// Quais dicas você daria para outras mulheres potencializarem suas criações?

Procurem pelo que é importante, inspirador e pessoal, e usem isso para expressar o que querem dizer, independente do meio.

// Você tem algum novo projeto em andamento?

Estou preparando alguns trabalhos para serem exibidos em Seoul e em Madri.

Eu gostaria de ter uma exibição solo esse ano, então eu continuo trabalhando nas minhas pinturas pessoais paralelamente aos comissionados para ter uma boa seleção para escolher depois.

Também tenho alguns outros projetos que gostaria de trazer para a realidade, mas ainda estou no estágio de pesquisa e rascunhos.

COMPARTILHE
b
//+entrevistas